TCE-AM inicia plano de aprimoramento da fiscalização das contas públicas

Na manhã do dia 17, uma reunião aconteceu entre as secretarias de Tecnologia da Informação (Setin) e de Controle Externo (Secex) do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM). O objetivo da discussão foi o desenvolvimento de medidas para melhorar as atividades reguladoras.

A reunião contou com a presença de Stanley Scherrer e Allan Bezerra, secretários de ambas as pastas, e diretores de Projetos e Inovação (Diproj), Saulo Coelho Lima, e de Inteligência Artificial (Dinar), Arlesson dos Anjos.

Ao longo da reunião, ferramentas úteis para a fiscalização eficiente dos auditores foram apresentadas pelo diretor da Dinar. Estas incluíam a automatização das transferências voluntárias e atos de pessoal, bem como a implementação do ChatTCE, um sistema de inteligência artificial para consulta de informações e tramitações do tribunal.

Stanley Scherrer, secretário da Secex, enfatizou a solicitação de aprimoramento dos procedimentos pela presidente do TCE-AM, conselheira Yara Amazônia Lins. Ele também mencionou a importância do uso de tecnologias como a inteligência artificial e a automação para melhorar a eficácia dessas atividades externas de controle. Ele acrescentou que essas reuniões são oportunidades úteis para os chefes e diretores aprenderem sobre os projetos e programas disponíveis, graças à Secretaria de Tecnologia.

Allan Bezerra, secretário da Setin, destacou a necessidade de melhorar a eficiência tecnológica nas atividades de controle externo. Ele reconheceu que este será um caminho cheio de trabalho, inclusive a fase atual de coleta de dados para possibilitar a “mágica”. Ele enfatizou a importância da automatização de muitos serviços que auxiliam na fiscalização dos auditores.

A Setin também está trabalhando para aprimorar a automação dos atos de pessoal. Esses aperfeiçoamentos incluem ajustes e melhorias do sistema de prestação de contas dos atos, tornando o trabalho mais fácil para os gestores jurisdicionados e os responsáveis pela análise dos documentos.

Em relação ao ChatTCE, a ferramenta é similar ao Chat-GPT, famoso por dialogar com o usuário e fornecer informações baseadas na internet. Entretanto, na esfera do Tribunal de Contas, o Chat-TCE utiliza dados de processos julgados para fornecer informações acuradas de modo a auxiliar em novas instruções processuais.

Fonte: Assessoria de Imprensa.

Fonte: https://portalmanausalerta.com.br/tce-am-inicia-plano-de-aperfeicoamento-dos-sistemas-de-fiscalizacao-das-contas-publicas/