Polícia de Manaus busca ex-sargento condenado por homicídio contra ex-namorada em Belém

Procurado pela Justiça, ex-sargento do Exército é suspeito de crime em Manaus

A Polícia Civil de Manaus está em busca de Edisandro de Jesus da Costa, ex-sargento do Exército, de 34 anos, que está sendo procurado pela morte de sua ex-namorada, Édrica Moreira, de apenas 19 anos. O crime ocorreu no dia 11 de novembro de 2021, na cidade de Belém, capital do Pará.

Após receber informações de que o suspeito estaria residindo em Manaus, a Polícia Civil do Pará solicitou a colaboração da PC-AM para efetuar a prisão de Edisandro, que teve um mandado expedido pelo Poder Judiciário do Pará.

O crime cometido pelo ex-militar chocou a população. Édrica Moreira foi atingida por três tiros enquanto estava em uma lanchonete, acompanhada de uma amiga que também ficou ferida. As vítimas foram socorridas, porém Édrica não resistiu aos ferimentos e faleceu três dias após o ocorrido.

No dia 31 de outubro, a Justiça do Pará condenou Edisandro a uma pena de 15 anos, 7 meses e 15 dias de prisão pelo homicídio de Édrica. Além disso, o ex-sargento foi condenado a 3 meses de detenção por tentativa de homicídio da amiga da vítima, que também foi atingida no dia do crime.

Segundo relatos da família de Édrica, o relacionamento entre ela e Edisandro durou apenas quatro meses, durante os quais o suspeito apresentava um comportamento extremamente agressivo, chegando até mesmo a ameaçar a vida de todos os familiares.

A amiga que estava com Édrica no momento do crime revelou que Edisandro tentou suborná-la com uma quantia de R$ 500 para que convencesse a vítima a reatar o relacionamento. No entanto, o término ocorreu no dia 28 de outubro de 2021 e o ataque aconteceu apenas 14 dias depois.

A testemunha também afirmou que havia um cúmplice no crime, descrevendo uma pessoa encapuzada que dirigia o veículo utilizado para simular um assalto. Essa pessoa saiu de trás do carro e anunciou o roubo. Édrica chegou a entregar o celular da amiga, mas o suspeito não o levou e disparou contra ela. Em seguida, ele efetuou mais quatro tiros em direção à vítima.

Edisandro admitiu ter alugado o carro utilizado no crime, mas a polícia investiga o envolvimento de outras pessoas.

A Polícia Civil pede a colaboração da população para encontrar Edisandro de Jesus da Costa. Qualquer informação sobre o paradeiro do suspeito pode ser repassada para o número (92) 98503-8913, do disque-denúncia do 1° Distrito Integrado de Polícia (1° DIP), ou para o 181, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-AM).

O delegado responsável pelo caso garante que a identidade do informante será mantida em sigilo absoluto.

Fonte: https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2023/12/12/policia-em-manaus-procura-ex-sargento-condenado-por-matar-ex-namorada-em-belem.ghtml