Máfia dos irmãos Onety acusada de fraudar contratos milionários em Manacapuru; detalhes chocantes revelados

Escândalo político abala Manacapuru: investigação questiona gestão orçamentária do prefeito Beto D’Ângelo

Manacapuru, AM – Uma investigação minuciosa está lançando luz sobre possíveis irregularidades na gestão dos recursos públicos no município de Manacapuru, no Amazonas. Em foco estão os investimentos em infraestrutura, principalmente em recapeamento e saneamento, que totalizaram mais de R$ 60 milhões em 2023.

As suspeitas recaem sobre a distribuição desses recursos, gerando dúvidas e levantando questionamentos sobre os critérios utilizados. A comunidade local está cada vez mais preocupada com as possíveis conexões entre as empresas beneficiadas e a prefeitura.

Denúncias recentemente recebidas pelo Portal e TV CM7 Brasil apontam os irmãos Onety como os principais favorecidos nos bastidores dessas alocações milionárias. Paulo Onety, encarregado das obras públicas, e Carlos Onety, responsável pelas finanças, são apontados como os principais beneficiários desses investimentos questionáveis.

Enquanto a população aguarda esclarecimentos, a gestão municipal enfrenta uma crescente pressão para oferecer transparência e garantir que a administração pública atenda aos anseios da comunidade por uma distribuição justa e equitativa dos recursos. O prefeito Beto D’Ângelo se vê diante da necessidade de prestar contas com o povo, demonstrando compromisso com a transparência e a correta utilização do dinheiro público.

Confira na íntegra os documentos que estão causando alvoroço:

Documento 1

Documento 2

Documento 3

Documento 4

Documento 5

Fonte: https://cm7brasil.com/noticias/politica/escandalo-suposta-mafia-dos-irmaos-onety-por-tras-dos-contratos-milionarios-em-manacapuru-veja/