Clássico Fla x Vasco no Maracanã termina com a prisão de 60 torcedores

A Polícia Militar do Rio de Janeiro divulgou na manhã de segunda-feira (5) que deteve 60 torcedores por “comportamento semelhante ao vandalismo” durante o clássico Flamengo 0x0 Vasco no domingo (4) no Maracanã. O jogo, famoso por sua rivalidade e histórico de confrontos entre torcidas, muitas vezes termina em conflitos fora do estádio e até mesmo em cidades próximas ao Rio.

Conforme anunciado pela PM via rede social X (conhecida anteriormente como Twitter), o incidente mais amplo ocorreu durante uma briga maciça que resultou na detenção de 33 pessoas no bairro Barreto em Niterói, uma cidade da região metropolitana aproximadamente 20 quilômetros distante do estádio.

Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual da Polícia Militar, o “confronto intenso” começou no distrito de Neves, na cidade vizinha de São Gonçalo. Após serem levados para a delegacia, 30 detidos foram formalmente acusados.

No Rio, oito torcedores do Vasco foram presos por arremessar um dispositivo explosivo contra uma viatura do Batalhão Especializado em Policiamento em Estádios (Bepe). O ataque ocorreu no bairro Bonsucesso, localizado na Avenida Brasil, rota primordial para o centro do Rio. Ninguém ficou ferido. A ocorrência foi direcionada ao Juizado Especial do Torcedor e Grandes Eventos.

Em outro incidente, um líder da Torcida Jovem do Flamengo foi preso portando uma arma de fogo. No final do dia, os policiais apreenderam dezenas de cassetetes de madeira, alguns com pregos na ponta, uma arma de fogo, vários explosivos e meias recheadas com pedras.

Em um Fiat Pálio estacionado perto da sede da torcida da Força Jovem do Vasco, na Avenida Roberto Dinamite, no bairro Vasco da Gama, os agentes do Bepe encontraram 13 bombas e uma caixa de morteiros. Na operação, um homem foi detido.

Informações obtidas através da folha.

Fonte: https://portalmanausalerta.com.br/fla-x-vasco-classico-no-maracana-tem-60-torcedores-presos/